terça-feira, 30 de setembro de 2008















"A solidão é quando você ignora,
Esquece que antes de tudo você é a sua melhor companhia!
Se você não está bem consigo mesmo,
Nem uma multidão vai resolver sua solidão.
E recomece assim: visite um jardim, converse com as flores,
Talvez veja um beija-flor, borboletas, e, quem sabe, até um arco-íris;
Ou então, à beira-rio,
Usufrua da calmaria das águas no dorço da mãe natureza,
Veja a simbiose dos que ali vivem e aprenda na beleza que lhe circunda;
Ou então à beira-mar,
Olhe na linha do horizonte e imagine toda limpeza d"alma e do coração;
Assim, você vai se reencontrar e, desta feita, outra vez,
Vai estar preparado para desfrutar da sua companhia
E da amizade dos que se aproximarem de você."

(José Valdir Pereira)

Um comentário:

O poeta e escritor disse...

É sempre prazerosa a leitura dos meus textos...
Mas é amoroso lê-los depois que são, por assim dizer, escritos, ou reescritos, por quem ama e venera a poesia...
Eles, até parece, recebem toques de carinho e sofrem saudável e feliz metamorfose, como se desfrutassem do aconchego do amor de uma bela mulher...