terça-feira, 4 de novembro de 2008


AMAZÔNIA QUERIDA!

Flores, florestas e rios; de fauna e de gente varonil.
Não sei viver sem ti; tu encantas, tu és minha, com ou sem céu de anil!
A chuva, o vento e o pássaro seringueiro, levam-me às sombras da tua selva,
E quando o sol aparece, deito-me e repouso na tua relva,
Olhando as frutas que abundam, na tua densa floresta.

( José Valdir Pereira)

Nenhum comentário: