sábado, 18 de julho de 2009




O mar encheu-se de doçura com as lágrimas do jangadeiro,
Enquanto as ondas o embalavam desfazendo sua dor!

( José Valdir Pereira)

2 comentários:

Renata A. de Souza Brandão disse...

Olá, poeta Valdir.

Lendo em seu site o artigo sobre Licença Poética, não compreendi muito bem de quem é a autoria da seguinte frase: "a liberdade concedida a um artista, não necessariamente um poeta,..."
Gostaria se possível, incluí-la em meu trabalho final de curso, pois caiu como uma luva. Visto que a frase foi incluída em seu site, mas que logo abaixo vem o nome de Carlos Ceia (?).
Será que poderia responder-me logo, visto que meu prazo está se esgotando (14/11/2009).
Desde já agradeço.
E parabéns pela lindíssima carreira que escolheste!
Renata Brandão
e-mail: miniealves@ig.com.br

Elsy Myrian disse...

Achei você, lindo seus poemas e seu blog, visite o meu http://sandicesdemomento.blogspot.com e tenho minha pagina na recantos das letras so procurar pelo nome espero sua visita.